METÓDOS SUBJETIVOS DE AVALIAÇÃO NUTRICIONAL EM PACIENTES DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Palavras-chave: Desnutrição Hospitalar, Triagem Nutricional, Paciente grave

Resumo

O paciente crítico é considerado como aquele que se encontra em risco de vida, com necessidade de cuidados clínicos, cirúrgicos, gineco-obstretas ou mentais imediatos. O estado nutricional deteriorado desse paciente pode trazer diversas consequências, por isso a avaliação nutricional imediata é extremamente necessária. Sob esse aspecto, o objetivo desse trabalho foi revisar a bibliografia existente acerca da avaliação do estado nutricional de pacientes críticos através de métodos subjetivos de análise. Ademais, esse estudo constitui uma revisão bibliográfica de caráter descritivo a respeito da avaliação do estado nutricional de pacientes críticos através de métodos subjetivos de análise, para isso foram revisados 21 artigos científicos. Nesse sentido, para evitar o aumento de complicações da desnutrição é necessário identificá-la ainda nas primeiras 48h horas de internamento. Logo, existem diferentes ferramentas de avaliação nutricional, incluindo as subjetivas, que não apresentam alto custo e podem ser realizadas à beira leito e para isso foram investigadas a Avaliação Subjetiva Global, NRS-2002 e a Mini Avaliação Nutricional Nestlé. Em suma, possibilitou-se verificar que não existe um método mais adequado de avaliação nutricional subjetiva em pacientes de terapia intensiva, todas apresentaram eficiência. Porém são necessários mais estudos acerca do uso da Mini Avaliação Nutricional em pacientes considerados críticos.

Referências

AZEVEDO, Arúquia Souza; OLIVEIRA, Dayane Cardoso; SOARES, Priscilla Kálisy Duarte; JONES, Kimberly Marie; SOARES, Fernando Bryan Duarte; SILVA, Juliany Neves; SOARES, Wellington Danilo. Perfil Nutricional de Pacientes Adultos e Idosos Hospitalizados. Saúde e Pesquisa, Maringá, 2016. DOI http://dx.doi.org/10.177651/1983-1870.2016v9n1p25-29. Disponível em: https://periodicos.unicesumar.edu.br/index.php/saudpesq/article/view/4706/2746. Acesso em: 10 de maio de 2020.

BARBOSA, Adriana Aparecida de Oliveira; VICENTINI, Andréa Pereira; LANGA, Fernanda Ramos. Comparison of NRS-2002 criteria with nutritional risk in hospitalized patients. Ciênc. saúde coletiva. 2019 Sep. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232019000903325&lng=en. Acesso em: 28 de abril de 2020.

BARBOSA-SILVA, Maria Cristina Gonzalez; BARROS, Aluísio Jardim Dornellas de. Avaliação nutricional subjetiva: Parte 1 - Revisão de sua validade após duas décadas de uso. Arq. Gastroenterol., São Paulo, v. 39, n. 3, p. 181-187, 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-28032002000300009&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 15 de maio de 2020. http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032002000300009.

CASTRO, Melina Gouveia et al. Diretriz Brasileira de Terapia Nutricional no Paciente Grave. Braspen Journal, 2018.

CEDERHOLM, Tommy et al. ESPEN guidelines on definitions and terminology of clinical nutrition. Clinical Nutrition. 2016. Disponível em: https://www.clinicalnutritionjournal.com/article/S0261-5614(16)31242-0/fulltext. Acesso em: 10 de maio de 2020. https://doi.org/10.1016/j.clnu.2016.09.004

FONTOURA, Carmen Sílvia Machado et al . Avaliação nutricional de paciente crítico. Rev. bras. ter. intensiva, São Paulo , v. 18, n. 3, p. 298-306, set. 2006. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-507X2006000300013&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em 05 março de 2019. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-507X2006000300013.

KARST, Fernanda Pickrodt; VIEIRA, Renata Monteiro; BARBIERO, Sandra. Relação da espessura do músculo adutor do polegar e avaliação subjetiva global em unidade de terapia intensiva cardiológica. Rev. bras. ter. intensiva, São Paulo , v. 27, n. 4, p. 369-375, Dec. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-507X2015000400369&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 17 de Maio de 2020. http://dx.doi.org/10.5935/0103-507X.20150062.

LEANDRO‐MERHI, Vânia Aparecida; AQUINO, José Luiz Braga; CHAGAS, José Francisco Sales. Nutrition Status and Risk Factors Associated With Length of Hospital Stay for Surgical Patients. Journal of Parenteral and Enteral Nutrition, [s. l.], 2011. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/epdf/10.1177/0148607110374477. Acesso em: 27 de maio de 2020. https://doi.org/10.1177/0148607110374477.

MAHAN,L.K.; RAYMOND,J.L. [tradução MANNARINO V.; FAVANO A]. Krause alimentos, nutrição e dietoterapia. 14 ªed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2018.

MARCHETTI, Julia et al . O elevado risco nutricional está associado a desfechos desfavoráveis em pacientes internados na unidade de terapia intensiva. Rev. bras. ter. intensiva, São Paulo , v. 31, n. 3, p. 326-332, Sept. 2019 . Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-507X2019000300326&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 27 de Maio de 2020. https://doi.org/10.5935/0103-507x.20190041.

MARTINS, Renatha Cristina Fialho do Carmo; VITAL, Wendel Coura; AMARAL, Joana Ferreira do; VOLP, Ana Carolina Pinheiro. Perfil Nutricional de Pacientes Internados em Unidade de Terapia Intensiva. Nutrición Clínica y Dietética Hospitalaria, [s. l.], 2017. Disponível em: https://revista.nutricion.org/PDF/MARTINS.pdf. Acesso em: 17 de maio de 2020.

MCCLAVE, S.A., Taylor, B.E., Martindale, R.G., Warren, M.M., Johnson, D.R., Braunschweig, C., McCarthy, M.S., Davanos, E., Rice, T.W., Cresci, G.A., Gervasio, J.M., Sacks, G.S., Roberts, P.R., Compher, C., and (2016), Guidelines for the Provision and Assessment of Nutrition Support Therapy in the Adult Critically Ill Patient. Journal of Parenteral and Enteral Nutrition, 40: 159-211. Acesso em: 22 de Maio de 2020. https://doi.org/10.1177/0148607115621863

MINISTÉRIO DA SAÚDE (Brasil). Manual De Terapia Nutricional na Atenção Especializada Hospitalar no Âmbito Do Sistema Único De Saúde – Sus. Brasilia: , 2016. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_terapia_nutricional_atencao_especializada.pdf. Acesso em: 17 de maio de 2020.

MINISTÉRIO DA SÚDE (Brasil). PORTARIA Nº 2.338, DE 3 DE OUTUBRO DE 2011. 3 out. 2011. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt2338_03_10_2011.html. Acesso em: 08 de março de 2020.

NAIM NEHME, Marcia et al . Contribuição da Semiologia para o Diagnóstico Nutricional de Pacientes Hospitalizados. ALAN, Caracas , v. 56, n. 2, p. 153-159, jun. 2006 . Disponível em <http://ve.scielo.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-06222006000200007&lng=es&nrm=iso>. Acesso em 19 de maio de 2020.

NUNES, Patricia Pereira. Nutritional Risk Screening (NRS 2002) como instrumento preditor de desfechos pós-operatórios em pacientes submetidos a cirurgias gastrointestinais. Revista Brasileira de Nutrição Clínica, 2015. Disponível em: http://www.braspen.com.br/home/wp-content/uploads/2016/11/06-Nutrittional-Risk.pdf. Acesso em: 05 de março de 2019.

OLIVEIRA, Ana Flávia et al. Avaliação nutricional da criança e do adolescente – Manual de Orientação. 2009. Disponível em: https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/2015/02/manual-aval-nutr2009.pdf. Acesso em: 18 de maio de 2020.

PAZ, Laryssa de Souza Cirqueira; COUTO, Amanda do Vale. Avaliação nutricional em pacientes críticos: revisão de literatura. Braspen Journal, 2016. Disponível em: http://www.braspen.com.br/home/wp-content/uploads/2016/11/16-Avalia%C3%A7%C3%A3o-nutri-em-pacentes-criticos.pdf. Acesso em: 6 de maio de 2020.

SAMPAIO, Lilian Ramos (org.). Avaliação nutricional. Salvador: EDUFBA, 2012.

SECHER, Marion; SOTO, Maria E; VILLARS, Hélène; KAN, Gabor Abellan van; VELLAS, Bruno. The Mini Nutritional Assessment (MNA) after 20 years of research and clinical practice. Clinical Gerontology, 2008. Disponível em: https://www.mna-elderly.com/publications/415.pdf. Acesso em: 2 de junho de 2020. https://doi.org/10.1017/s095925980800258x

SHILS, M.E. et al. Tratado de Nutrição Moderna na Saúde e na Doença. 11a. ed. Barueri-2016.

SINGER, Pierre; BLASER, Annika Reintam; BERGER, Mette M; ALHAZZANI, Waleed; CALDER, Philip C; CASAER, Michael P; HIESMAYR, Michael; MAYER, Konstantin; MONTEJO, Juan Carlos; PICHARD, Claude; PREISER, Jean-Charles; ZANTEN, Arthur R.H. van; OCZKOWSKI, Simon; SZCZEKLIK, Wojciech; BISCHOFF, Stephan C. ESPEN guideline on clinical nutrition in the intensive care unit. Clinical Nutrition Journal, 2018. Disponível em: https://www.clinicalnutritionjournal.com/article/S0261-5614(18)32432-4/pdf. Acesso em: 10 de maio de 2020. https://doi.org/10.1016/j.clnu.2018.08.037

TOLEDO, Diogo et al. Campanha “Diga não à desnutrição”: 11 passos importantes para combater a desnutrição hospitalar. 05 fev. 2018. São Paulo. Disponível em: http://arquivos.braspen.org/journal/jan-fev-mar-2018/Revista-Montada.pdf. Acesso em: 08 de março de 2020.

Publicado
2020-09-29
Como Citar
Franceis Pigossi, N., & Pappen, D. (2020). METÓDOS SUBJETIVOS DE AVALIAÇÃO NUTRICIONAL EM PACIENTES DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA. FAG JOURNAL OF HEALTH (FJH), 2(3), 389-393. https://doi.org/10.35984/fjh.v2i3.249
Seção
Artigos de revisão